Archive for the 'Mídia' Category

Entrevista do Fernando Henrique Cardoso a BBC

No youtube há uma entrevista da BBC com o ex-presidente FHC, dividida em duas partes, a primeira com mais ou menos 36 mil acessos e a segunda com aproximadamente 30 mil.  Agora, no mesmo youtube há o vídeo “Solange, a Gaga de Ilhéus”, adivinhem quantos acessos? Mais de 860 mil! O que um pode falar é que FHC nem é mais o presidente do Brasil. Bem, Lula também tem uma entrevista no mesmo programa da BBC e tem pífios 11 mil views.

Acho que tudo isso dá um pouco a dimensão de como gostamos de política e estamos interessados no que pensam nossos governantes.

PS. vale a pena assistir à entrevista do FHC, o entrevistador não deu folga. Não é como entrevistadores no Brasil que perguntam qual é o time do coração ou comentam como está bem seu paletó. Tenho curiosidade para saber se esta entrevista passou na TV do Brasil.

Fica na seleção Dunga!

Começam aparecer boatos que Dunga está perto de ser demitido da seleção brasileira, dizem que o Luxemburgo vai entrar, não importa. Acho uma pena que ele saia pois o Dunga está sendo um dos poucos com coragem para peitar a globo, ele não leva o Galvão a passeios de barco como certos “esportistas” criados pela tal emissora. Está certo o Dunga, nada de privilégios para alguns e não para outros. Por isso, lanço a campanha “Fica Dunga: para todos aqueles que não suportam a globo!

Se você não tem afinidade com a globo e gostou da idéia então cole a pequena imagem abaixo na barra lateral de seu blog, assim como colei aqui. Acho que é uma forma bem humorada de mostrar nossa ingratidão pela emissora que muitas vezes nos faz torcer contra atletas brasileiros tanto pelo ufanisto quanto por falsas esperanças que passa para o povo.

Muitos podem falar a globo é uma empresa e faz o que quiser. Muito bem, somos os consumidores dessa empresa e estamos reclamando de um produto sem qualidade pois quem paga da conta da emissora são os anunciantes que sem o telespectador, digo, consumidor, sairiam a debandada daquela emissora. Então, vamos lá, fica Dunga!

Idéias sobre o futuro da TV

Duas notícias me fizeram voltar a pensar sobre o futuro da TV como é atualmente. A primeira, com título Ibope culpa trânsito e web por queda da TV, trata do óbvio, a queda da TV devido a internet. A segunda fala do crescimento de 28% de acessos doméstico a internet no mês de junho, em relação ao ano de 2007 (23,7 milhões de brasileiros navegaram na internet em julho). Esta notícia também aponta que os jovens contribuem para este aumento, o que é muito interessante pois já vão adquirindo a cultura de internet.

Um dos motivos para a substituição da TV pela internet está na comunicação bidirecional, onde o usuário pode escolher uma programação personalizara na hora mais adequada e fica independente de horários nebulosos para acompanhar o próximo programa, além claro, de ter que aguentar os intervalos comerciais que às vezes são mais longos que os próprios “programas”.

A TV, da forma que é, ainda tem alguns anos de sobrevida por alguns motivos. Um deles é que a popularização da internet ainda é um problema no Brasil pois nem todos têm acesso. Outro está na baixa velocidade do acesso doméstico, que não permite que o usuário assista a videos em tempo real. Imagino que este deve ser resolvido em alguns anos com o aumento da banda e redução no custo, isto é, se não houve pressão dos interessados em continuar com a arcaica forma de comunicação, a televisão.

Alguns podem argumentar que não haverá conteúdo bom para internet como há na TV (há?). Eu pensaria duas vezes sobre isso, pois há muitas pessoas criativas que não tem oportunidade na grande mídia. E mais, já começamos a perceber que a internet proporciona boas oportunidades de comunicação, desde exposição de idéias em blogs como produção de pequenos vídeos e animações capazes de atingir milhões de pessoas. Isso seria inimaginável em tempos passados, no tempo de televisores com apresentadores com ares de naftalina.

O pessoal de TV tem que ficar com medo e precisa ou aproveitar para ganhar seus “últimos dinheiros” ou saber se adaptar à nova realidade. Na minha opinião essas pessoas já saem perdendo pois na internet sim terão concorrência, não será um ibope da vida que acaba sendo uma “competição” mais para iludir o público, mas sim estarão frente a pessoas realmente criativas, aquelas que não saem em Caras.

Brasil, o país do vôlei!

Não, não é emoção pela recente vitória da seleção feminina, mas sim uma constatação comparando o número de medalhas obtidas com vôlei e o futebol nas olimpíadas. Podemos mudar o título de país do futebol para país do vôlei.

Considerando no feminino medalhas obtidas a partir de 1996, que foi quando o futebol feminino passou a integrar as olimpíadas, o vôlei terá 7 medalhas, considerando o ouro ou a prata do voleibol masculino que será disputado hoje. Já o futebol tem 6 medalhas, além disso, nenhuma é de ouro, 4 de prata e 2 de bronze, enquanto o vôlei tem 3 medalhas de ouro, podendo chegar a 4 ao final dessas olimpíadas. Portanto, entre ser país do futebol e do vôlei, o Brasil é do vôlei! Muito melhor.

A propósito, alguém viu a globo, que tanto suporta o futebol, comentando enfaticamente sobre o campeão do futebol masculino como fazem para qualquer campeonato estadual? Se suportam tanto o futebol deveriam pelo dever de informar bem seus telespectadores sobre o assunto. Vai ver que informação não é bem o esporte da globo, se é que vocês me entendem.

Desviando o foco

folha

Nada como nossa mídia. Agora a idéia é tentar esconder um pouco o “bom” desempenho do Brasil nas olimpíadas.  Acabei de ver uma notícia na página principal da “Folha online”, cujo título é “Imprensa americana tenta “mascarar” derrota no quadro de medalhas“.  Ou seja, se não consegue atrair a atenção do público pelo desempenho próprio, tente falar mal de algum país que o povo não gosta. O que é completamente incoerente, pois o único ouro até o momento veio de um atleta que treina naquele país. Parabéns para nossas fontes de informação.

Não existe um ranking oficial, então não faz sentido dizer que estão tentando mascarar, até mesmo a página oficial das olimpíadas mostra os dois rankings. Cada um escolhe aquele que quiser. O problema é que o Brasil não vai bem em nenhum dos dois, então precisam achar alguma notícia. Uma sugestão para nossa imprensa seria criar um ranking que considera o maior número de bronzes como primeiro critério, neste caso, no momento, o Brasil estaria em 14o. A sugestão está dada. A seguir como estaria o ranking neste momento seguindo esse critério. O Brasil fica bem.


Categorias

hit counter html code
agosto 2017
S T Q Q S S D
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031